Poluição do ar na cidade de São Paulo está 20% menor em julho com quarentena; queda chegou a ser de 50% em abril

quarta-feira, 29 de julho de 2020

 

A concentração de poluentes na cidade de São Paulo está 20% menor em julho deste ano em comparação com o mesmo mês de 2019.

 

De acordo com o Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da Universidade de São Paulo, a queda de concentração chegou a ser de 50% durante a primeira semana de quarentena obrigatória no estado de São Paulo.

 

O aumento do número de veículos nas ruas com a flexibilização da quarentena e o clima seco e sem chuvas são as explicações para a poluição ter aumentado desde abril.

 

De acordo com a Cetesb, a qualidade do ar na maior parte das estações onde há medição na região metropolitana de São Paulo era “moderada”, o que significa que a concentração de poluentes está acima dos valores recomendados pela Organização Mundial de Saúde.

Compartilhar:

Leia Também