Projeto cria moradias ecológicas para famílias de baixa renda em Uganda

sexta-feira, 21 de janeiro de 2022

Uganda, no leste da África, terá um conjunto de residências considerado sustentável e ecologicamente responsável. Trata-se do projeto da casa Kampala, que vai fornecer moradia para famílias de baixa e média renda.

 

De acordo com o Departamento de Estatísticas de Uganda, o país enfrenta um déficit de 2 milhões de unidades habitacionais – número que vem aumentando. O projeto deve aliviar esta pressão do mercado imobiliário na região.

 

A previsão é que, até 2030, o déficit em Uganda deva chegar a três milhões de unidades habitacionais. Para o projeto, os arquitetos responsáveis se aliaram a uma empresa que usa o modelo de franquia para escalar projetos sociais de forma rápida, ampla e sustentável.

 

Outra parceria é feita para oferece soluções habitacionais para o desenvolvimento integral de comunidades. A casa foi construída usando o EcoBlock, um tijolo de terra crua comprimida, produzido com 90% de solo local e 10% de uma mistura de cimento, cal, areia e água.

 

O material tem um isolante térmico e acústico, ecologicamente sustentável, mais resistente que o bloco de cimento e com 30% menos emissões de CO2.

Compartilhar:

Leia Também