Projeto de inclusão usa água como ‘terapia’ e ensina bodyboarding a jovens com deficiência

quinta-feira, 06 de maio de 2021

ONG funciona como escola de bodyboarding para pessoas em situação de vulnerabilidade social e jovens com deficiência. Trata-se do Estrela do Mar, que funciona em Aracaju, em Sergipe.

 

Este é um projeto que nasceu da morte prematura de um atleta, que tinha o sonho de ter este tipo de projeto social. Há 10 anos, o trabalho começou com oito crianças com Síndrome de Down e duas com comprometimento motor e psíquico e hoje alcança grande quantidade de famílias.

 

A ideia é não ter apenas atividades lúdicas, mas também funcionar como um espaço de desenvolvimento de habilidades sociais dos jovens na medida do possível. A água é a terapia, mas também há o convívio social entre voluntários, alunos e pais.

 

A equipe é formada por profissionais de educação física, que oferecem aquecimento e alongamento; pedagogas especialistas em educação inclusiva, que atendem as crianças nos aspectos psíquico e motor; e atletas da prática esportiva, que ensinam as técnicas.

Compartilhar:

Leia Também