Projeto em SP incentiva a produção de alimentos orgânicos para proteger uma das maiores fontes de água do mundo

sexta-feira, 11 de setembro de 2020

Projeto em São Paulo incentiva proteção de uma das maiores fontes de água do mundo. Para proteger o aquífero Guarani, pesquisadores e agricultores criaram um projeto para evitar o uso de agrotóxicos e recuperar florestas.

A água é um produto básico do nosso dia a dia e existe muita água no mundo que não podemos ver, mas que é importante para a nossa sobrevivência. Ela fica nos aquíferos, que são grandes reservatórios subterrâneos.

O Guarani é capaz de armazenar trilhões de litros d’água nos poros de uma rocha chamada arenito, formado por grãos de areia de um deserto que existiu na região de Botucatu, interior de São Paulo, milhões de anos atrás.

O aquífero Guarani ocupa mais de 1 milhão de quilômetros quadrados. Só no estado de São Paulo, ele abastece 200 municípios. O incentivo à produção de alimentos orgânicos refloresta também toda a região e aumenta a probabilidade de chuva, essencial para seu abastecimento e evitar a contaminação do solo.

 

Compartilhar: