Projeto internacional quer proteger o Cerrado

domingo, 30 de maio de 2021

Um projeto de grande dimensão une a União Europeia e organizações não governamentais do Brasil e Paraguai para fortalecer a conservação do Cerrado.

 

Batizado de CERES, iniciais de Cerrado Resiliente e também nome da deusa grega da fertilidade, o projeto valoriza um modelo econômico mais sustentável integrando as populações locais.

 

Com mais de 2 milhões de km2, o Cerrado cobre a maior parte do Brasil central e pequenas áreas no Paraguai e na Bolívia. A região conecta os principais biomas da América do Sul, incluindo o Pantanal e a Mata Atlântica, e é alvo constante de desmatamento.

 

Para encontrar soluções de preservação e empoderamento das comunidades locais, o Projeto CERES vai em busca de soluções de convívio para garantir sua preservação e também desenvolvimento de forma inclusiva.

Compartilhar:

Leia Também