Quase 7 em cada 10 MEIs tinham emprego antes de abrir o próprio negócio

sexta-feira, 03 de junho de 2022

Levantamento divulgado pelo Sebrae mostra que 67% dos microempreendedores tinham emprego com e sem carteira assinada antes de se formalizarem como MEIs em 2022.

 

Em 2019, eram 63%, aumento de 4 pontos percentuais com a pandemia. De acordo com o Sebrae, isso indica o aumento do empreendedorismo por necessidade nos últimos três anos, uma saída encontrada para ter renda e resolver os problemas financeiros.

 

Das atividades que os empreendedores tinham antes de se tornarem MEIs neste ano, 51% tinham emprego com carteira assinada e 16% tinham emprego sem carteira assinada. Outros 15% eram empreendedores informais sem CNPJ. O grupo se completa com donas de casa, estudantes, servidores públicos e apenas 2% de desempregados.

 

O levantamento mostra que houve uma queda na proporção de microempreendedores individuais que já atuavam como empresários na informalidade. A grande maioria se formalizou no primeiro ano da pandemia. Atualmente há cerca de 14 milhões de MEIs no país.

 

Compartilhar:

Leia Também