Quatro grandes organizações internacionais pedem igualdade nas vacinas

quarta-feira, 02 de junho de 2021

Quatro grandes organizações internacionais apelam aos líderes mundiais para que assumam “novo compromisso” de uma distribuição mais equitativa das vacinas contra a covid-19 no mundo.

 

O apelo comum é assinado pelos líderes da OMS – Organização Mundial da Saúde, da OMC – Organização Mundial do Comércio, do FMI – Fundo Monetário Internacional – e do Banco Mundial.

 

O documento alerta que as desigualdades facilitam o aparecimento de variantes do novo coronavírus, que por sua vez provocam novas ondas da pandemia nos países em desenvolvimento.

 

Segundo os especialistas, a desigualdade na distribuição de vacinas entre países ricos e pobres complica e prolonga a pandemia. As organizações pedem aos líderes mundiais que acertem “uma estratégia mais bem coordenada, apoiada em novos financiamentos, para vacinar o planeta”, e que aceitem investir US$ 50 bilhões em um plano antipandemia.

Compartilhar:

Leia Também