Recicladores da Malásia transformam resíduos plásticos provenientes do oceano em peças para móveis e mercadorias

sexta-feira, 09 de outubro de 2020

Todos os finais de semana voluntários se reúnem na ilha turística de Tioman, na Malásia, para coletar plástico do oceano que serão utilizados como peças na produção de móveis, eletrodomésticos e até automóveis.

 

 

O processo da transformação do material é feito com a ajuda de uma usina de reciclagem. Após a produção, as peças são eventualmente vendidas para empresas de eletrodomésticos, embalagens de cosméticos, brinquedos e produtos domésticos.

 

 

O projeto existe há mais de 15 anos e segundo os fundadores as pessoas ainda precisam aprender a lidar com o problema do plástico no meio ambiente. Por isso mais parcerias têm sido feitas e uma única empresa recicla cerca de 60 mil toneladas de plástico por ano.

 

 

As parcerias acabam sendo uma forma de atingir consumidores conscientizados sobre o meio ambiente. De um lado há a coleta, de outro a reciclagem e um terceiro ponto é a venda desse produto transformado. Tudo isso junto tira lixo dos oceanos.

Compartilhar:

Leia Também