Restauração florestal na Mata Atlântica é aliada para negócios locais

terça-feira, 25 de maio de 2021

Proprietários rurais que atuam na região da Mata Atlântica, entre os estados de São Paulo e Minas Gerais, estão contando com apoio técnico e suporte para restauração florestal em suas propriedades.

 

Trata-se do programa Raízes do Mogi Guaçu, conduzido pela Associação Ambientalista Copaíba e IFEAC, empresa júnior do Instituto Federal Sul de Minas, referência em restauração ecológica.

 

A expectativa dessa atuação em rede é que, até 2024, sejam restaurados pelo menos 200 hectares no entorno das nascentes e áreas ripárias do Rio Mogi Guaçu entre o Sul de Minas e São Paulo.

 

A iniciativa está inserida na Década da Restauração de Ecossistemas, instituída pela ONU. O objetivo final é garantir condições para a provisão e resiliência hídrica das propriedades da região e da bacia hidrográfica.

Compartilhar:

Leia Também