Cientistas brasileiros criam robô que desinfeta coronavírus do ambiente

terça-feira, 25 de maio de 2021

Uma tecnologia que desinfeta o novo coronavírus de ambientes foi desenvolvida por pesquisadores de Pernambuco e do Centro Regional de Ciências Nucleares do Nordeste. Trata-se do Aurora, um robô que une radiação ultravioleta e inteligência artificial para inativar micro-organismos. O aparelho também serve para eliminar outros vírus, fungos e bactérias.

 

A radiação entra em contato com a estrutura de forma que danifica o DNA e RNA a ponto de inativá-lo. A tecnologia não substitui a limpeza tradicional, ela funciona como um complemento.

 

Mesmo com a higienização com produtos químicos ainda são encontrados micro-organismos e esse mecanismo dá mais uma camada de segurança à limpeza. O robô é controlado por um aplicativo e ainda há a função de programá-lo a distância.

 

Até o momento, 10 unidades do Aurora já foram produzidas, mas ainda não estão disponíveis para compra. O aparelho só é utilizado em estabelecimentos de Pernambuco, como no Hospital das Clínicas, no Sebrae e em instituições privadas que oferecem cursos na área da saúde.

Compartilhar:

Leia Também