São Paulo faz campanha por vacinas atrasadas

terça-feira, 22 de setembro de 2020

O governo de São Paulo anunciou que aproveitará o início da campanha de vacinação contra poliomielite em outubro para tentar regularizar o calendário vacinal.

As vacinas atrasadas ajudarão na retomada das aulas presenciais, que estão autorizadas a voltarem na rede estadual a partir de 7 de outubro.

Durante a pandemia, a cobertura vacinal caiu em todo o país. O grande motivo foi o receio pela contaminação com o coronavírus aos buscar a vacinação e as medidas de isolamento social.

Portanto, a partir de 5 de outubro, a campanha contra pólio irá convocar também para que as crianças atualizem a caderneta de vacinação. O público-alvo são crianças e adolescentes até 15 anos.

 

Compartilhar:

Leia Também