São Paulo faz força-tarefa para elevar taxa de cobertura vacinal

terça-feira, 13 de outubro de 2020

O governo de São Paulo realiza a campanha de vacinação contra a poliomielite e aproveita para lançar uma força-tarefa de multivacinação.

 

 

São oferecidos, além da vacina contra pólio, outros 14 tipos que protegem crianças e adolescentes contra aos menos 20 doenças. O objetivo é conter a queda na cobertura vacinal, que já vinha sendo observada nos últimos anos.

 

 

Na lista das vacinas com baixa cobertura estão doses que protegem contra doenças graves. A tríplice viral, que evita sarampo, caxumba e rubéola, atingiu 58,8% do público-alvo no estado quando a meta era imunizar 95%. A BCG, que previne a tuberculose, tem cobertura só de 60%.

 

 

O estado projeta disponibilizar até 5,2 milhões de doses nos mais de 5 mil postos de saúde. Para se vacinar, basta procurar qualquer uma das unidades e levar a carteirinha de vacinação. A campanha vai até 30 de outubro e terá um Dia D no próximo dia 17. 

Compartilhar:

Leia Também