São Paulo vai receber 5 milhões de doses da CoronaVac em outubro

quarta-feira, 23 de setembro de 2020

Até outubro, o governo de São Paulo vai receber as primeiras 5 milhões de doses da CoronaVac. O acordo feito pelo governo paulista com a Sinovac prevê, inicialmente, o envio de doses prontas ou semiprontas.

Também há previsão de transferência de tecnologia para que o Instituto Butantan possa produzir as doses dessa vacina. Atualmente, esta vacina está na fase 3 de testes em humanos.

No Brasil, os testes tiveram início em julho, com 9 mil voluntários em centros de pesquisas de seis unidades da Federação: São Paulo, Distrito Federal, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Paraná.

Caso seja comprovada a eficácia, a vacina terá de ser aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) antes de ser disponibilizada para imunização no Brasil.

 

Compartilhar:

Leia Também