Sem desmatamento, Cerrado pode dobrar produção de soja

segunda-feira, 13 de abril de 2020

 

Organização ambiental mostra, em estudo, que é possível garantir o aumento de produção de soja no Cerrado sem desmatar a vegetação nativa, ao utilizar áreas de pastagem subutilizadas e com aptidão agrícola.

 

A partir da análise da dinâmica do uso da terra para a expansão de soja neste bioma, o estudo mostra que há mais de 18 milhões e meio de hectares de pastagens no Cerrado adequadas à produção de soja.

 

O número corresponde a mais do que o dobro dos 7,3 milhões de hectares que serão necessários, nas condições atuais de mercado, para garantir a expansão por pelo menos dez anos.

 

Além disso, o relatório indica uma combinação de ações para apoiar a intensificação da pecuária, liberando áreas de pastagens de baixa produtividade o que estimularia a conversão dessas áreas subutilizadas na produção de grãos.

Compartilhar:

Leia Também