Senado proíbe discriminação a doadores de sangue homossexuais

terça-feira, 23 de novembro de 2021

O Senado aprovou um projeto de Lei que proíbe a discriminação de doadores de sangue com base na orientação sexual.

 

A proposta inclui um dispositivo com essa proibição na Política Nacional de Sangue, Componentes e Hemoderivados e prevê punição em caso de descumprimento. O projeto segue para a Câmara.

 

O texto afirma que não se pode restringir a qualquer grupo o direito de ser solidário ou de ter direito de participar ativamente da sociedade. No caso do sangue, todo sangue doado passa por testagem e, portanto, não há razão para excluir doadores.

 

Toda doação de sangue é submetida à mesma testagem rigorosa, para assegurar prevenção a infecções. Todo cidadão tem o direito de doar sangue e caso os testes diagnostiquem alguma anomalia o doador é imediatamente comunicado.

Compartilhar:

Leia Também