Sentir-se mais jovem pode proteger idosos do estresse

quarta-feira, 12 de maio de 2021

Um novo estudo publicado pela Associação Americana de Psicologia sugere que se sentir mais jovem pode ajudar a proteger adultos de meia-idade e idosos contra os efeitos nocivos do estresse.

 

O estudo analisou três anos de dados de 5 mil participantes de uma pesquisa realizada na Alemanha na faixa etária de 40 anos ou mais. As perguntas se relacionavam à quantidade de estresse percebido na vida das pessoas e à saúde funcional.

 

De acordo com os resultados, aqueles que se sentem mais jovens apresentam uma sensação maior de bem-estar, melhor funcionamento cognitivo, menos inflamação, menor risco de internação e, até mesmo, têm mais chances de viver mais.

 

Os resultados sugerem que intervenções podem ajudar as pessoas a se sentirem mais jovens e, consequentemente, reduzir os danos do estresse, melhorando a saúde. Um dos pontos é promover visões positivas sobre o envelhecimento.

Compartilhar:

Leia Também