Sete projetos de vacina estão em andamento na USP

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021

A Universidade de São Paulo possui sete grandes projetos em andamento nos vários campus da instituição na busca por uma vacina totalmente nacional contra a covid.

 

Autoridades, médicos e cientistas ressaltam a importância de termos um produto brasileiro com tecnologia 100% nacional, mesmo que isso demore anos.  As razões vão desde a preocupação de que esta se torne uma doença sazonal até a dependência de importação de insumos.

 

Com isso, a USP é uma das instituições que assumiram o compromisso de desenvolver uma vacina do zero.  Dois projetos estão em fase avançada. Um é da Incor, que estuda a vacina em spray nasal, e o outro é a vacina nanoparticulada da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto.

 

No Instituto de Ciências Biomédicas, há quatro plataformas vacinais em ensaios pré-clínicos: a nanovacina, a vacina de subunidades, e as vacinas de DNA e de RNA. E há também a vacina vetorizada da Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos.

Compartilhar:

Leia Também