Shopping centers investirão mais em integração com canais digitais

segunda-feira, 27 de julho de 2020

 

O fechamento obrigatório do comércio durante a quarentena levou as operadoras de shopping centers a repensarem onde vão fazer seus próximos investimentos.

 

Em vez de priorizarem a construção de novas unidades ou a expansão da área já em operação, será dado cada vez mais peso na integração do comércio físico ao eletrônico. Essa é a prova de que o perfil dos investimentos futuros vai mudar.

 

Entre as soluções está a estratégia de “digitalizar” os estoques dos lojistas, o que significa integrar as mercadorias a vários marketplaces. O objetivo com isso é dar mais visibilidade aos produtos e utilizar os shoppings como centros de distribuição das mercadorias.

 

Uma única companhia já tem 15 marketplaces integrados e prevê chegar a 20 até o fim do ano. Os lojistas de oito shoppings já estão cobertos pela iniciativa, e o plano é de chegar a 100% deles até a Black Friday.

Compartilhar:

Leia Também