Símbolo do fogo no Pantanal, filhote de onça será solto na natureza

sábado, 21 de maio de 2022

A onça-pintada Amanci estampou manchetes de diversas notícias em 2020, quando o fogo atingiu o Pantanal. Agora, ela e a filhote, Apoena, serão reinseridos na natureza.

 

Mãe e filhote vivem no Instituto Nex, em Corumbá de Goiás. Os especialistas que cuidam da família, que virou símbolo do fogo, querem proporcionar uma preparação para que o pequeno possa viver na natureza nos próximos anos.

 

Para que a reinserção aconteça naturalmente, as duas onças-pintadas se mudarão para uma área de 800m², onde Apoena aprenderá a caçar, nadar e escalar com mais liberdade. Elas ficarão em meio à mata e isoladas de pessoas, onde permanecerão por 2 anos.

 

Quando foi encontrada, a onça mãe estava bastante debilitada, com as duas patas gravemente queimadas e precisou passar por tratamento para se recuperar. No ano passado, foi anunciada sua total recuperação, e no próprio local cruzou com outra onça-pintada e nasceu a filhote, que hoje tem 3 meses e deve ficar com a mãe até completar 2 anos.

Compartilhar:

Leia Também