São Paulo terá 400 jardins de chuva até 2024

quinta-feira, 18 de novembro de 2021

A capital paulista está apostando em jardins de chuva para ampliar a permeabilidade do solo e minimizar os efeitos de alagamentos, auxiliando no escoamento das águas das chuvas.

 

Já são 163 jardins entregues pela prefeitura. Além de aumentar as áreas de drenagem e deixar a cidade mais bonita, os jardins ajudam a elevar o índice de cobertura vegetal no município.

 

Os jardins de chuva são construções que têm como objetivo ampliar a permeabilidade urbana. Além de coletar e reter as águas, os jardins contribuem para a minimização dos efeitos de enchentes e alagamentos. Outra vantagem é atrair mais espécies de pássaros.

 

Os jardins também filtram os poluentes da água da chuva por meio da vegetação. Outras intervenções com a mesma função de captação de água – e já adotadas em São Paulo – são as vagas verdes, biovaletas, escadarias verdes e bosques de conservação urbana.

Compartilhar:

Leia Também