Prefeitura de SP vai implantar energia solar em 775 escolas e 80 UBS

segunda-feira, 13 de setembro de 2021

São Paulo já figura na lista dos cinco estados com maior potência solar instalada. Agora, a Secretaria Municipal de Educação anuncia que cerca de 775 escolas e edifícios administrativos serão abastecidos com energia solar.

 

A prefeitura de São Paulo também levará a energia renovável a 80 Unidades Básicas de Saúde. Ambas iniciativas integram o Programa Energia Limpa. No caso dos postos de saúde, o edital de licitação da Parceria Público-Privada foi aberto em dezembro de 2020 e para as instituições educacional, o chamamento público foi lançado em julho.

 

O Consórcio Sol da Saúde foi o vencedor da concorrência para as UBSs e o contrato de concessão é de 25 anos.  Neste período deve ser evitada a emissão de 24 milhões de toneladas de gás carbônico na atmosfera.  Com a instalação das placas solares, a economia potencial com energia elétrica é de 52% mensalmente.

 

Já para as instituições educacionais, a expectativa é receber os estudos ainda neste semestre para lançar o edital de concessão no início de 2022. O momento é propício, já que a energia solar é considerada a fonte de eletricidade mais barata e muitas agências apostam nas renováveis para impulsionar a economia.

Compartilhar:

Leia Também