Sputnik Light tem 70% de eficácia contra a variante delta

quarta-feira, 20 de outubro de 2021

O Fundo Russo de Investimento Direto e o Instituto de Pesquisa Gamaleya, que faz parte do Ministério da Saúde da Rússia, anunciaram que a vacina Sputnik Light tem 70% de eficácia contra a variante delta durante os três meses após a vacinação contra covid.

 

Foi informado também que a eficácia aumenta para 75% em pessoas com menos de 60 anos. O imunizante tem autorização para ser aplicado em 15 países, mas o Brasil ainda não está na lista.

 

A análise foi conduzida com base em dados de 28 mil participantes que receberam uma dose da vacina, em comparação com um grupo de controle de 5,6 milhões de pessoas que não foram vacinadas. Os dados foram coletados em julho, em Moscou.

 

A eficácia da Sputnik Light como reforço combinada com outras vacinas será próxima da Sputnik V, de duas doses, com mais de 83% contra infecção e mais de 94% contra hospitalização. Ela poderá ser aprovada como dose reforço.

Compartilhar:

Leia Também