Startup constrói casas populares em 7 dias com lixo plástico

quinta-feira, 28 de janeiro de 2021

A falta de moradia é uma das principais questões a serem resolvidas às famílias em situação de vulnerabilidade. Pensando nisso, uma startup mexicana decidiu transformar lixo plástico em casas populares.

 

Batizada de EcoDom, a construção está combatendo dois grandes problemas no México com uma solução inteligente. O lixo plástico é reciclado e transformado em materiais para a construção de moradias.

 

Todo o processo leva apenas uma semana e as casas são consideradas duráveis e acessíveis para combater a pobreza extrema.  O governo local subsidia cada unidade no valor de 5 mil pesos, cerca de 1.500 reais.

 

O processo de construção é simples. A coleta, que vai de garrafas de refrigerante a brinquedos velhos, é separada para encontrar os itens que derretem sem emitir gases prejudiciais. Depois, o plástico é cortado e aquecido até 350 graus. O líquido passa por outro processo até virar painéis.

Compartilhar:

Leia Também