Startup paulista cria método sustentável de produção de cosméticos

terça-feira, 13 de abril de 2021

Startup que teve início no Programa Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas, da Unicamp, tem registrado boa aceitação de um dos seus produtos de inovação disponíveis de forma comercial: um cosmético rejuvenescedor.

 

Desenvolvida pela S Cosméticos do Bem, o produto é parte do objetivo de trabalhar com os preceitos da economia circular, em que toda a cadeia de produção contribui para que o meio ambiente seja o menos explorado possível.

 

A meta, depois de anos de pesquisa, começa a ser atingida.

Os ingredientes usados no cosmético são extraídos de uma planta originária da China, a artemísia, planta que têm aproximadamente três mil bioativos. 

 

O produto desenvolvido com a artemísia tem uma formulação mais viscosa que um líquido, mas não chega a ser um creme, e tem se mostrado um sucesso em termos de regeneração da pele, o que reduz de forma significativa os sinais de envelhecimento. Outros produtos cosméticos e repelentes vêm sendo testadas pela startup usando a planta e garantindo itens mais sustentáveis.

Compartilhar:

Leia Também