Tatuadora brasileira transforma cicatrizes e traumas físicos de mulheres em arte

terça-feira, 29 de março de 2022

A tatuagem pode transformar traumas em arte. É o que faz a tatuadora Karlla Mendes, que tem utilizado seu dom para transformar cicatrizes, queimaduras e outros traumas físicos.

 

Através do projeto “We Are Diamonds” (Nós Somos Diamantes), o estúdio, que fica em São Paulo, já recebeu mais de 150 mulheres interessadas em cobrir cicatrizes e transformá-las em animais e flores.

 

A arte criada busca trazer alívio por meio da tatuagem. Isso porque boa parte das mulheres que procuram o projeto são sobreviventes de violência doméstica, acidentes de carro ou doenças graves que estão determinadas a recuperar sua autoestima.

 

Para se candidatar a uma tatuagem, 100% gratuita, as mulheres precisam contar suas histórias e enviar fotos pelo site do projeto. Essas cicatrizes têm normalmente histórias bem dramáticas e olhar pra elas traz dor. Com a arte, um novo olhar é lançado sobre o local, que ganha uma nova história.

Compartilhar:

Leia Também