Testes da vacina contra Alzheimer em humanos começam em 2 anos

quarta-feira, 15 de janeiro de 2020

Cientistas do Instituto de Medicina Molecular, nos Estados Unidos, devem começar em 2 anos os testes da vacina contra Alzheimer em humanos. Ela foi desenvolvida pelo Prof. Nikolai Petrovsky, em Adelaide, na Austrália Meridional, após mais de duas décadas de pesquisa. Foram combinadas duas vacinas, com um composto auxiliar chamado “Advax”.

 

A ideia é estimular a produção de anticorpos que se conectam às proteínas, fazendo com que o sistema imunológico humano as destrua antes que as placas se formem.

 

Com a vacina, se consegue que o sistema imunológico produza anticorpos que reconheçam os grupos anormais de proteína, os tirem do sistema e os quebre, desbloqueando os vasos. A vacina é vista como grande avança para tratar o Alzheimer.

Compartilhar:

Leia Também