Pesquisadores criam tinta mais potente para resfriar superfícies

quinta-feira, 22 de abril de 2021

Há anos, engenheiros de Indiana, nos Estados Unidos, estão dedicados a criar uma tinta branca com maior eficiência do que a tinta comum para resfriar edifícios.  Recentemente, eles anunciaram o que chamam de a “pintura mais branca já registrada”.

 

A tinta “ultra-branca” reflete 98,1% da luz solar e desvia o calor infravermelho, o que faz com que os edifícios resfriem abaixo da temperatura do ar circundante.  Esse poder de resfriamento é graças ao sulfato de bário – um pigmento derivado do mineral barita.

 

Os testes mostraram que a tinta é capaz de manter superfícies 4°C mais frias do que sua temperatura ambiente à luz do sol do meio-dia e até 10°C mais fria à noite. Assim, os edifícios poderão ser menos dependentes do ar condicionado e amenizar as ilhas de calor em grandes cidades.

 

Em 2020, os mesmos pesquisadores já haviam criado uma tinta capaz de refletir até 95,5% da luz solar e resfriar superfícies em até 8°C. A nova formulação é ainda mais eficiente do que os pesquisadores haviam demonstrado.

Compartilhar:

Leia Também