Startup produz em tomate molécula para o tratamento de colesterol ruim

segunda-feira, 06 de setembro de 2021

Pesquisadores paulistas desenvolveram uma plataforma para expressar em tomate moléculas de aminoácidos para o tratamento de doenças crônicas.

 

Eles já obtiveram um peptídeo para o tratamento do colesterol por via oral. O projeto é feito em uma startup e conta com apoio do Programa Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas.

 

Assim, a plataforma e a molécula estão em processo de patenteamento. O grupo já despertou interesse de licenciamento e de investimentos.

 

A meta agora é desenvolver peptídeos terapêuticos com administração por via oral para tratar colesterol alto. O produto deverá ser fornecido em extrato em pó.

Compartilhar:

Leia Também