Trabalhadores vão poder usar FGTS para comprar ações da Eletrobras na privatização

quarta-feira, 27 de outubro de 2021

Os trabalhadores vão poder usar dinheiro do Fundo de Garantia para comprar ações da Eletrobras no processo de privatização da empresa.

 

A regra está prevista na modelagem da privatização, apresentada pelo governo e que ainda será analisada pelo Tribunal de Contas da União. Qualquer pessoa física também poder ter ações da Eletrobras.

 

Hoje o governo detém 60% dos papeis da Eletrobras. A intenção é ficar com 45%. Com isso, deixaria de ter a maioria das ações, mas continuaria sendo o principal acionista. A expectativa é que a medida ajude a recuperar a capacidade de investimentos da empresa em geração e transmissão de energia.

 

No caso da compra de ações com dinheiro do FGTS, a modelagem prevê a participação do trabalhador por meio de cotas de fundos mútuos de privatização. Poderão ser usados até 50% do valor da conta individual do FGTS. O valor de entrada para cada investidor será de R$ 200.

Compartilhar:

Leia Também