Pandemia reforça uso de transporte sustentável

sexta-feira, 24 de setembro de 2021

O uso de transportes sustentáveis, como bicicletas, patinetes e caminhadas, foi reforçado no mundo desde o ano passado, em consequência da pandemia. É o que o estudo internacional Mobilidade no Futuro 2021.

 

O maior aumento destas modalidades foi observado na Europa, onde houve incremento de 4,8% entre 2019 e 2020. O uso de bicicletas e patinetes também mostrou alta de 3% no mundo. Ao mesmo tempo, os transportes públicos tiveram redução global de 5,6%.

 

O estudo, feito em 13 cidades no mundo, incluindo São Paulo, mostra ainda que os automóveis continuam sendo o maior desafio em relação à mobilidade. Longas distâncias e a cultura do carro fazem deste o principal meio de transporte, tanto para motorista como para passageiro.

 

No Dia Mundial sem Carro, celebrado em 22 de setembro, o mesmo estudo mostra que andar a pé foi a modalidade que se tornou mais popular no período, com 78 pontos de satisfação em uma escala de zero a 100. A data foi criada na França em 1997 e chegou ao Brasil em 2001 como forma de estimular a reflexão sobre os meios de deslocamentos alternativos.

Compartilhar:

Leia Também