UFMG registra patente do teste rápido para a Covid-19 que custa apenas R$ 5

quarta-feira, 11 de novembro de 2020

Um grupo de pesquisadores da Universidade Federal de Minas Gerais desenvolveu um teste rápido para a Covid-19, que custa apenas R$ 5. Isso representa uma economia de aproximadamente 95%.

 

Após alguns testes, eles agora apresentaram a documentação para patentear o experimento. A documentação será analisada pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (Inpi) e não tem um prazo certo para o retorno.

 

Os testes identificam a presença de anticorpos, mostrando que a pessoa teve contato com o vírus. Do ponto de vista mais prático, esses testes ajudarão muito o SUS, na monitoração de alguns espaços, como escola.

 

Após notificar à imprensa, a Federal de Minas já recebeu proposta de dois laboratórios, que estão interessados em produzir os testes. A expectativa é que, com a análise das patentes, os kits comecem a ser feitos em breve para que cheguem até o poder público.

Compartilhar:

Leia Também