Unicamp cria tecnologias para teste rápido da Covid

segunda-feira, 22 de novembro de 2021

A Unicamp desenvolveu tecnologias que usam grafite de lápis, cotonete comum e nanopartículas de ouro para testes rápidos de diagnóstico da covid.

 

Os materiais são acessíveis, de baixo custo e os exames são tão precisos quantos os exames já conhecidos. O resultado sai em apenas 6 minutos e o custo em laboratório foi de R$ 1 a R$9.

 

São duas tecnologias, batizadas de Graphite CoV e Color CoV, e levaram cerca de seis meses para serem elaboradas, com etapas em Campinas e na Universidade da Pensilvânia, parceira do Laboratório de Sensores Químicos Portáteis da Unicamp

 

Os dois dispositivos têm em comum a combinação com nanopartículas de ouro que foram recobertas com a enzima que o coronavírus usa para entrar no corpo humano. Entre as vantagens dos testes estão permitir a testagem em massa e diagnosticar a doença independente da variante.

Compartilhar:

Leia Também