Universidade do Ceará inaugura usinas solares e começa gerar energia

quarta-feira, 17 de junho de 2020

As universidades têm sido exemplo no avanço da tecnologia sustentável no país. Entrou em operação na Universidade Federal do Ceará suas duas primeiras usinas de energia solar.

Outras duas usinas aguardam autorização da ENEL – Empresa Nacional de Energia Elétrica – e devem começar a operar em julho na instituição cearense. A expectativa é que o complexo fotovoltaico resulte em economia de R$ 500 mil por ano.

Com a inauguração de suas primeiras usinas de energia solar, a Federal do Ceará se junta ao time de universidades brasileiras que, neste momento, também estão apostando nessa tecnologia. Na lista estão a Federal de São Carlos, Paraná e Brasília, além da Unicamp.
Entre as principais vantagens das usinas solares está o fato de a energia produzida ser limpa e renovável. Elas não emitem gases poluentes, possuem vida útil longa e têm baixo custo de manutenção. Em geral, o retorno do investimento é atingido em cerca de cinco anos.

Compartilhar:

Leia Também