Universidade gaúcha tem projeto de inclusão digital para idosos

quarta-feira, 28 de abril de 2021

A Unidade de Inclusão Digital de Idosos, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, vem fazendo a diferença e pessoas da terceira idade passam a ser também multiplicadores de conhecimento.

 

Eles fazem parte da unidade, que teve início com laboratório de informática. Com o tempo, surgiram novas demandas, como dominar as funções dos smartphones e outras tecnologias.

 

Com o tempo e com alunos assíduos, de um curso a outro, eles foram construindo habilidades e aprendendo a navegar com segurança na internet, a identificar fake News e se proteger de golpes.

 

Com a pandemia, os cursos, que normalmente duram um semestre, passaram a ser online e até mais concorridos. A idade média gira em torno de 72 anos, mas a decana tem 87 – 80% são mulheres.

Compartilhar:

Leia Também