Usina solar em forma de flor é inaugurada na Coreia do Sul

quarta-feira, 16 de março de 2022

Cerca de 92 mil painéis solares flutuantes estão gerando energia renovável em um reservatório em Hapcheon, na Coréia do Sul. O que chama a atenção é que as placas formam desenhos similares a uma flor, criando um belo efeito na água.

 

Fazer com que mais pessoas se interessem pelo modo que produzimos energia pode ser uma forma de incentivar a transição energética para as renováveis. Assim, os painéis solares em formato de flor podem ser uma tática interessante.

 

O projeto solar em forma de flor é capaz de gerar 41,5 megawatts. Isso é suficiente para abastecer 60 mil pessoas, o que é mais do que a população total de Hapcheon. É também a maior usina solar flutuante da Coreia do Sul.

 

Entre os benefícios de instalar painéis solares na superfície da água está o fato de reduzir o calor dos painéis, tornando-os de 10 a 15% mais eficientes, diminuir a evaporação da água na barragem e ajudar a conter a proliferação de algas.

Compartilhar:

Leia Também