Pesquisadores da USP planejam testes para usar rim suíno em humanos

segunda-feira, 01 de novembro de 2021

Pesquisadores brasileiros realizaram a edição genética em porcos como parte de estudo que tem como objetivo o xenotransplante – técnica que permitiria transplantar órgãos e tecidos de suínos para seres humanos – no futuro.

 

O grupo está em busca de recursos e planejam testes em humanos daqui a dois anos. Os estudos são conduzidos pelo Centro de Estudos do Genoma Humano e Células-Tronco da Universidade de São Paulo.

 

Neste momento da pesquisa, estão sendo produzidos os primeiros embriões de porcos a partir das células geneticamente modificadas, que são os primeiros experimentos de clonagem deste estudo. A edição do DNA das células de suínos já foi concluída.

 

O objetivo é que, no futuro, quando essas células derem origem a um animal, os órgãos a serem transplantados não causem rejeição no paciente humano. A expectativa é começar os primeiros estudos em humanos em três anos.

Compartilhar:

Leia Também