Projeto premiado da USP vai usar resíduos de podas de árvores para fabricação de móveis e objetos

quinta-feira, 19 de agosto de 2021

Estudantes de arquitetura e urbanismo, design, artistas plásticos e pesquisadores da USP criaram o projeto Dapoda – Laboratório Vivo de Design.

 

O projeto investiga novas formas de utilização do rejeito das podas na produção de design experimental, entre elas a fabricação de móveis, brinquedos e pequenos objetos de madeira.

 

O grande diferencial desta utilização é traçar a rota tecnológica da madeira descartada – desde a poda, passando pelo transporte até seus usos potenciais. A destinação dada a galhos, folhas e troncos de árvores trata especialmente de chamado lixo verde, um desafio para as cidades.

 

O embrião do projeto foi um seminário internacional no Núcleo de Pesquisa em Tecnologia da Arquitetura, do Urbanismo e do Design. Após abordar o potencial do resíduo da arborização urbana para pesquisas e projetos, o projeto foi selecionado para mitigação e compensação da emissão de gases do efeito estufa nos campi.

Compartilhar:

Leia Também