Vacina contra HIV pode começar a ser testada na África

quinta-feira, 19 de maio de 2022

Uma parceria entre dois institutos internacionais está trabalhando em um estudo de segmentação da linhagem germinativa do HIV na África, que pode resultar em uma vacina contra o vírus.

 

Este trabalho foi realizado pela primeira vez nos Estados Unidos.  O processo visa guiar o sistema imunológico para induzir anticorpos que podem neutralizar o HIV.

 

O programa busca capacitar os locais de pesquisa africanos para médicos do continente. Serão levadas em consideração diversas condições específicas do continente africano, como nutrição da população, clima e outras doenças que possam existir.

 

No momento, a pesquisa está na busca de possíveis voluntários que poderão fazer parte do estudo. Há muitas dúvidas a respeito, já que o HIV é considerado diferente de outras doenças, possuindo diferentes subtipos e cepas emergentes que podem se apresentar mais resistentes ao tratamento, mudando de uma região para outra.

Compartilhar:

Leia Também