1ª vacina contra malária aprovada pela OMS poderá evitar 400 mil mortes ano

domingo, 17 de outubro de 2021

A Organização Mundial da Saúde aprovou a primeira vacina contra malária da história. A tão esperada vacina contra a malária para as crianças é um grande avanço para o combate da saúde e a saúde de milhares de crianças.

 

Os testes clínicos de fase 3 demonstraram que a vacina, quando administrada em 4 doses, previne 4 em 10 casos de malária e 3 em 10 casos da variante que ameaça a vida.

 

Os resultados do teste-piloto demonstraram que o imunizante reduz significativamente a malária em sua forma grave em 30%. A malária ainda atinge países africanos. Por isso, em maio de 2018, as autoridades reguladoras de Gana, Quênia e Malauí autorizaram seu uso em algumas áreas.

 

A doença é provocada por cinco espécies de parasitas do tipo Plasmodium, todos eles transmitidos por mosquitos. A busca por uma vacina já ultrapassa os cem anos. Por isso, para o continente africano, onde a malária mata mais de 260 mil crianças de menos de cinco anos todo ano, essa vacina é sinônimo de esperança.

Compartilhar:

Leia Também