Vacina de RNA mensageiro pode ser a chave na luta contra o câncer

quinta-feira, 05 de agosto de 2021

A vacina com RNA mensageiro se tornou popular devido às pesquisas em busca de um imunizante contra a covid. Porém, a tecnologia já está sendo estudada desde 1990 e uma das versões é para combater o câncer.

 

Na verdade, as vacinas de mRNA foram aplicadas pela primeira vez na versão de combate à covid, mas o  laboratório da BioNTech anunciou que há um estudo clínico da fase 2 e havia tratado um paciente com a vacina BNT111, criada para agir contra o câncer de pele.

 

O método age ensinando o sistema imunológico a atacar as células que produzem uma proteína da doença. Esta é uma cópia do gene. Cada célula do nosso corpo copia todo o sistema em função de suas necessidades. Essa cópia é o RNA mensageiro.

 

Para os cientistas, com o desaparecimento do RNA após a criação da nova proteína, a molécula é usada para realizar terapias. Ela se degrada rapidamente e não pode modificar o genoma ou se integrar ao corpo.

Compartilhar:

Leia Também