Cientistas criam vacina em adesivo mais eficaz que a administrada com seringa

quinta-feira, 30 de setembro de 2021

Cientistas americanos desenvolveram uma vacina em forma de adesivo, criada via impressão 3D, que demonstrou oferecer maior proteção imunológica que a vacina intramuscular.

 

A inovação é composta por microagulhas impressas em 3D alinhadas em um adesivo de polímero de tamanho suficiente para alcançar a pele e aplicar o imunizante.

 

O estudo mostra que a resposta imune da vacina adesivo foi 50 vezes maior do que a vacina administrada sob a pele, e 10 vezes maior do que a vacina aplicada no músculo do braço.

 

A vacina adesivo foi desenvolvida por pesquisadores Universidade de Stanford e da Universidade da Carolina do Norte. Os resultados são possíveis porque a pele está cheia de células do sistema imunológico.

Compartilhar:

Leia Também