Venda de ebooks salta 83% em 2020

quinta-feira, 15 de julho de 2021

A pandemia fez a venda de livros digitais dar um salto em 2020. Segundo pesquisa anual realizada pela Câmara Brasileira do Livro, no ano passado foram comprados 83% mais ebooks do que em 2019.

 

Houve um salto de 4,6 milhões para 8,4 milhões de unidades vendidas. No recorde de livros de ficção, o crescimento foi ainda maior, de 134% de um ano para outro.

 

Esse crescimento em volume de exemplares vendidos é mais expressivo do que o faturamento do mercado de livros digitais, que subiu 36%. Os ebooks respondem por 6% do faturamento.

 

Isso se deve à queda nos preços, que chegou a 25% em 2019 e 2020 e é resultado de fatores como políticas mais agressivas de descontos para atrair leitores.  Mesmo assim, os livros virtuais ainda representam uma pequena parcela do mercado editorial.

Compartilhar:

Leia Também