Veneno de cobra brasileira tem molécula que inibe o vírus da covid em 75%

segunda-feira, 30 de agosto de 2021

Veneno de cobra brasileira tem molécula que inibe o vírus de covid, segundo pesquisadores do Instituto de Química (IQ) da Unesp.

 

Eles identificaram no veneno da espécie Jararacuçu um peptídeo – que é um pedaço de proteína – capaz de conter a reprodução do vírus SARS-CoV-2.

 

A descoberta aconteceu depois de testes realizados em laboratório, em que observaram que a molécula extraída do veneno da cobra inibiu em 75% a capacidade do vírus se multiplicar em células de macaco.

 

Com isso, o estudo apresenta um caminho promissor na busca por medicamentos para tratar pacientes contaminados pelo coronavírus. O desafio para a criação de um novo imunizante é garantir que ele seja eficiente contra determinada patologia e não gere reações adversidades.

Compartilhar:

Leia Também