Vila indiana tem população com nomes musicais

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2022

Em uma aldeia remota do Estado de Meghalaya, na Índia, os moradores têm três nomes: um nome normal, uma música distinta e uma melodia mais curta que é semelhante a um apelido.

 

A aldeia é o lar de uma população esparsa e de tradição única, em que cada recém-nascido recebe da mãe tanto um nome normal quanto uma música melódica distinta ao nascer.

 

Embora o nome seja usado apenas para fins oficiais, a música se torna sua identidade, à qual eles respondem ao longo de suas vidas. Uma vez que a pessoa morre, sua melodia morre com ela, para nunca mais ser repetida para ninguém.

 

Os nomes musicais têm entre 14 e 18 segundos de duração. As versões longas e originais são cantadas nos campos, quando há necessidade de chamar alguém pelas colinas. Isso porque, no passado, as melodias eram usadas para não se perderem na floresta durante a caça, e também “para afastar os maus espíritos”.

Compartilhar:

Leia Também