Saúde

Farmacêutica vai produzir, em larga escala, vacina contra malária

Farmacêutica vai produzir, em larga escala, vacina contra malária
, da Vibe Mundial

A farmacêutica britânica GSK recebeu concessão do Unicef – Fundo das Nações Unidas para a Infância – para produzir em larga escala a primeira vacina do mundo contra a malária.

O contrato assinado é de 170 milhões de dólares e vai permitir, até 2025, a fabricação de 18 milhões de vacinas.

A vacina é aprovada por órgãos reguladores europeus desde 2015 e demorou mais de três décadas para ser desenvolvida.

Em 2019, a OMS – Organização Mundial da Saúde coordenou um projeto piloto de aplicação em três países africanos: Gana, Quênia e Malawi.

A experiência fez a OMS recomendar, em outubro do ano passado, o uso da vacina nos 30 países com áreas de transmissão moderada e alta da doença.

Compartilhe:

Leia também

Baixe o aplicativo
da Vibe Mundial

E ouça a maior rádio esotérica do Brasil
onde e quando quiser.