Parte I – “A Medicina Tradicional Chinesa no tratamento do Covid-19”

quinta-feira, 26 de março de 2020

 

 

O uso de FITOTERAPIA CHINESA é baseado nas teorias da Medicina Tradicional Chinesa. Cada substância tem sua própria característica energética, classificada de acordo com a natureza, sabor, propriedades, associação com os canais energéticos dos órgãos e o grau de toxicidade. Os diversos ingredientes que compõem uma receita, ou fórmula fitoterápica, são combinados em proporções que vão maximizar os efeitos desejados e inibir possíveis efeitos colaterais.

 

A FITOTERAPIA CHINESA é parte integrante da MEDICINA TRADICIONAL CHINESA e vem sendo cada vez mais utilizada no mundo todo como método terapêutico para diversas doenças.

 

A Fitoterapia é o sistema terapêutico mais antigo do mundo, originário dos primórdios da sociedade primitiva, quando o homem passou a associar a ingestão de certas plantas a resultados terapêuticos e medicinais.

 

O fitoterapeuta de Medicina Tradicional Chinesa elabora a prescrição do fitoterápica de forma específica e individual para o padrão energético de cada paciente.

 

Diferentemente dos remédios alopáticos que tratam basicamente os sintomas, a Fitoterapia Chinesa, prescrita de forma correta, trata a doença e o indivíduo como um todo, buscando o mínimo de efeito colateral e fortalecendo o organismo para preservar a saúde e prevenir doenças.

 

Desde a China antiga, os mestres sempre diziam que as ervas medicinais são a base da Medicina Tradicional Chinesa. Mais de 3.000 substâncias medicinais foram descritas em livros clássicos antigos e atualmente há mais de 12.800 substâncias da Matéria Médica Chinesa já coletadas e identificadas.

 

Estamos na estação do Outono, que na MTC é governada pelo Elemento Metal, que por si só nos traz características de isolamento.

 

O pulmão governa o QI e a respiração que é a função mais importante desse órgão, que juntamente com o QI do alimento que é extraído pelo baço formam o Qi de reunião que é direcionado para a pele e forma a energia Wei Qi, parte dela é aprofundada para os órgãos e vísceras, conhecido como Qi de nutrição.

 

Logo, o pulmão tem uma relação direta com a imunidade devido ao sistema de proteção Qi do corpo ter uma relação com o elemento metal.

 

O sistema Tegumentar é composto pela pele e anexos (glândulas, unhas, cabelos, pelos e receptores sensoriais) e tem importantes funções, sendo a principal agir como barreira, protegendo o corpo da invasão de microrganismos e evitando o ressecamento e perda de água para o meio externo é nutrido pelo Wei Qi, logo tem uma relação direta com o Elemento Metal e que também por meio da respiração promove a limpeza da pele.

 

O intestino grosso tem como principal função excretar as fezes e captar nutrientes importantes do bolo fecal para um bom funcionamento do corpo.

 

A emoção mais comum do Elemento Metal é a tristeza, pessoas características desse elemento tem um perfil mais introspectivo, quieto, calado, gosta de ficar sozinho e como apresenta dificuldades para respirar, quando em desequilíbrio, dificulta a troca e a eliminação de CO2 deixando assim a energia intoxicada, possibilitando apenas a análise negativa dos fatos, facilitando o desenvolvimento da análise negativa dos fatos facilitando o desenvolvimento de tristeza, negativismo e insatisfações constantes.

 

Tudo isso, para falarmos do Coronavirus ( COVID-19)

 

O que é coronavírus (COVID-19)

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China. Provoca a doença chamada de coronavírus (COVID-19).

Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1…(informações https://coronavirus.saude.gov.br/)

**********

Por: Rosires Fernandes

Site: https://www.rosiresfernandes.com.br/

Compartilhar:

Leia Também