15 de Novembro – Dia Nacional da Umbanda

segunda-feira, 15 de novembro de 2021

O Dia Nacional da Umbanda é comemorado anualmente em 15 de Novembro.

 

A data celebra a religião da Umbanda, considerada totalmente brasileira e criada a partir de características e misturas de crenças do catolicismo, espiritismo e demais religiões de origens africanas e indígenas. Por isso, para muitos estudiosos, a Umbanda seria uma espécie de candomblé sem sacrifícios de animais, algo que seria mais aceito pela população branca e urbana da época.

 

Local de Culto

 

O local para a realização das cerimônias da umbanda chama-se Casa, Terreiro ou Barracão. Igualmente, são feitas várias celebrações ao ar livre, junto à natureza, em rios, cachoeiras ou na praia.

 

Essas cerimônias são presididas por um “pai” ou “mãe”, um sacerdote que dirige os ritos e comanda a casa. Também é responsável por ensinar a doutrina e os segredos da umbanda aos seus discípulos.

 

Crenças

 

A umbanda é um religião monoteísta, onde existe o conceito de um Deus supremo, denominado “Olorum” ou “Oxalá”. Creem na imortalidade da alma, na reencarnação e nas leis kármicas.

 

Acreditam em orixás, personificações de elementos da natureza e de energia, e em guias espirituais, podem se incorporar durante certas cerimônias e vir a Terra para ajudar as pessoas que necessitam.

 

Os guias são denominados “entidades” e cada orixá possui uma linha de entidades que o auxilia.

 

Orixás e Entidades

 

Os orixás encontrados na Umbanda são: Oxalá, Xangô, Iemanjá, Ogum e Oxossi, Oxum, Iansã, Omulú e Nanã.

 

As entidades da Umbanda correspondem aos espíritos que são manifestados nessa crença. A lista a seguir mostra informações sobre alguns tipos:

 

• Preto velho: segundo os adeptos, essa entidade refere-se aos espíritos dos escravos brasileiros;
• Malandros: são aquelas pessoas tiveram que usar de sua esperteza para sobreviver. Um dos mais conhecidos é Zé Pelintra.
• Caboclos: estes, por sua vez, na umbanda, diz respeito aos espíritos indígenas. É um exemplo o Sete Encruzilhadas;
• Pomba giras: são espíritos indicados como damas da noite ou feiticeiras, por exemplo;
• Exus: são os espíritos que transpassam mensagens dos orixás.

 

Hino da Umbanda

 

Apesar da Umbanda variar de acordo com cada região do Brasil e de cada casa/terreiro, ao menos uma canção é muito popular: o Hino da Umbanda.

 

Composta por José Manoel Alves (letra) e Dalmo da Trindade Reis (música) foi oficializada como hino em 1961.

 

Refletiu a luz divina
Em todo seu esplendor
É do Reino de Oxalá
Onde há paz e amor.
Luz que refletiu na Terra
Luz que refletiu no Mar
Luz que veio de Aruanda
Para tudo iluminar
Umbanda é paz e amor
Um mundo cheio de luz
É a força que nos dá vida
E a grandeza nos conduz.
Avante filhos de fé
Como a nossa lei não há
Levando ao mundo inteiro
A bandeira de Oxalá

 

Fontes: Educa Mais Brasil e Toda Matéria

 

Acesse a loja da Vibe, só aqui você encontra os melhores produtos místicos e esotéricos.

Compartilhar:

Leia Também