Festa Junina: Os três santos

quarta-feira, 01 de junho de 2022

Depois de dois anos sem festa junina, devido à pandemia, um dos momentos mais aguardados pelos brasileiros finalmente chegou. Com músicas, comidas e brincadeiras tipicas, a data representa muito para a igreja católica e seus fieis.

 

Origem

 

Surgiu na idade média sendo uma festa pagã. As pessoas comemoravam a fertilidade e boas colheitas que aconteceram naquela época e sempre.

 

Com o passar dos anos, se tornou uma festa católica. Desde então o objetivo é homenagear três santos populares. Esses santos nos lembram a santidade que envolve a cultura do povo católico e une as pessoas por um propósito.

 

Os santos juninos

 

Santo Antônio — 13 de junho
Conhecido como santo casamenteiro.

 

Um dos santos mais queridos no Brasil e em Portugal. Normalmente é representado com o menino Jesus em seus braços.

 

Batizado como Fernando, nasceu em Lisboa em 1195 e faleceu em 13 de junho de 1231, na Itália. Ao longo da sua vida Santo Antônio realizou alguns milagres durante suas pregações nas praças e igrejas.

 

São João — 24 de junho
Conhecido também como São João Batista

 

Sua missão enquanto adulto era batizar todos que se sentiam arrependidos por seus pecados. Inclusive, São João foi quem batizou Jesus.

 

Há quem diga que São João é o principal dos três e que a origem do nome festa junina vem por conta do nome do santo.

 

São Pedro — 29 de junho
Protetor dos pescadores.

 

Pedro era pescador e trabalhava com seu irmão no Mar da Galileia. Apóstolo de Cristo, foi fundador e primeiro Papa da Igreja Católica.

 

Segundo a tradição católica, após morrer, São Pedro foi nomeado chaveiro do céu, ou seja, para alguém entrar lá, o santo tem de abrir as portas. Também responsável por fazer chover. Por isso dizemos às crianças que o motivo pela chuva forte e os trovões, é porque São Pedro está lavando o céu e mudando os móveis de lugar.

 

Festa junina no Brasil

 

Por terem seus dias comemorados durante o mês de junho esses três são comemorados santos juninos. Mas existem diversas formas de se homenagear esses santos durante todo o ano.

 

Embora seja comemorada em todo o Brasil, é no nordeste que encontramos as melhores festas juninas. Em Paraíba, se realiza o “Maior São João do Mundo”, uma comemoração que — em relação à organização, infraestrutura e economia — pode se comparar ao carnaval carioca.

 

Por Bruna Santos

Compartilhar:

Leia Também