Horta orgânica: faça a sua

quarta-feira, 11 de maio de 2022

O cultivo de vegetais orgânicos está crescendo e trazendo muitos benefícios. Sabemos que a indústria de pesticidas e fertilizantes químicos agride a natureza e a saúde. Porém, produtos orgânicos costumam ser caros e não cabem no orçamento de muitas famílias brasileiras. A boa notícia é que você pode cultivar seus próprios alimentos frescos dentro de casa.

 

Além da possibilidade de criar um ambiente agradável, ter uma horta orgânica em casa é ter a certeza de que você terá alimentos frescos e livres de substâncias prejudiciais à saúde a qualquer hora. Ao contrário de alimentos processados e industrializados que carregam elementos químicos que levam a perda do valor nutritivo.

 

Fazer uma horta orgânica pode ser mais simples do que você pensa. Não precisa de muito espaço, pode ser feita em um vaso ou até mesmo em garrafas recicladas. Se for organizada em uma horta vertical, o espaço ocioso é melhor aproveitado.

 

Passo a passo

 

1. Escolha o local

 

Primeiro escolha o local onde ela ficará. O espaço deve receber luz solar por cerca de 5 ou 6 horas por dia, além de estar protegido contra o vento e ser de fácil acesso.

 

Depois é importante saber como cultivar as diferenças especies de plantas. Ao optar por plantar diretamente no solo, é necessário estar atento à organização dos canteiros e também ter em mente se o solo que você está plantando estará sustentado de alguma maneira. Uma boa dica é utilizar tijolos, pneus ou qualquer material que consiga combater a erosão.

 

Para ter uma horta orgânica em casa, é preciso pensar no uso de materiais práticos e adaptáveis ao espaço. Sementeiras são indicadas para cultivas mudas e proporcionar um bom desenvolvimento da sua planta. Vasos e jardineiras são uma boa opção para decorar e organizar o ambiente, oferecendo mais liberdade.

 

2. Prepare o solo

 

Preparar a terra é um passo importante, comece removendo a terra para deixar bem aerada, assim as plantas conseguem aproveitar melhor os nutrientes. Também deve ser fértil e “fofa” o bastante para adubar e começar a plantar, uma dica é adubar sempre em meses quentes — entre setembro e março. A irrigação deve ser úmida, mas nunca encharcado, para evitar fungos.

 

Para a manutenção nutricional do solo, é possível utilizar diversos adubos orgânicos feitos com o próprio lixo orgânico. Cascas de ovos são uma excelente fonte de cálcio, borra de café também é uma boa opção.

 

3. Escolha suas plantas

 

Antes de iniciar sua horta orgânica, leia e procure aprender sobre as necessidades de cultivo para cada alimento.

 

Cada espécie de planta tem seu clima ideal para crescer, leve em consideração a região que você mora. Por exemplo, os rabanetes se desenvolvem melhor no frio, já a berinjela é mais fácil de ser cultivada em lugares quentes.

 

4. Plante

 

Para melhor desenvolvimento das suas plantas, tenha em mente o modo de crescimento de cada uma. As plantas rasteiras precisam de mais espaço entre elas, para poderem se espalhar. Apenas tome cuidado com espaços grandes demais, permitindo o crescimento de ervas daninhas.

 

5. Colha os frutos

 

A recomendação é colher os alimentos em dias menos quentes, assim a planta perde menos água. Caso pense que deu muitos frutos, aproveite e compartilhe com os amigos ou congele para usar depois.

 

Alimentos orgânicos além de saudáveis, são sustentáveis para o mundo.

Mão na massa e bom apetite!

 

Por Bruna Santos

Compartilhar:

Leia Também