Meditação para acalmar a mente

segunda-feira, 28 de março de 2022

A meditação tem assumido cada vez mais importância na vida moderna apenas como tendência, mas necessidade.

 

O que vale ser considerado é que nem sempre estamos com a mente tranquila  para interagir com tudo o que nos rodeia, como um belo amanhecer, e estabelecer uma proximidade maior com o que nos agrada.

 

Muitas vezes isso ocorre por falta de concentração. Temos que estar presentes por inteiro em todas as atividades das nossas vidas. A falta de concentração nos leva para longe, para o passado ou para o futuro, com projeções que nem mesmo sabemos se serão realizadas.

 

Concentração e meditação

 

A meditação é eficaz quando se consegue estabelecer uma inabalável concentração mental. Sem concentração não haverá meditação, pois a mente é de natureza instável diante de ilimitados impulsos sensitivos que são trazidos até ela através dos sentidos. Porém, a faculdade mais importante da mente é a concentração sobre sua natureza interior, que somente você pode ter contato – e este contato é que constitui a meditação.

 

Concentrar-se no contato com suas funções internas (sentimentos, sensações, emoções) é algo natural para a mente, quando ela está controlada. Como não há Meditação sem concentração, é necessário que a mente seja controlada ou direcionada, voluntariamente, ao objeto que servirá de concentração meditativa. Este objeto poderá ser um mantra ou até mesmo a respiração.

 

Passo a passo para a meditação

 

Procure acalmar a mente antes de meditar. Não deixe seus pensamentos serem perturbados por algum problema externo. Para praticar a meditação, também é importante:

 

– Relaxe seu corpo, sente numa postura confortável.
– Procure respirar sem pressa ou ansiedade. Deixe tudo para depois, aproveite e foque no momento da meditação.
– Não lute com os pensamentos que surgem incessantemente dentro de você.
– Tente observar a qualidade de seus pensamentos e o que eles estão promovendo em seus sentimentos e emoções, sem se perturbar.
– Fique relaxado, sem criar tensões.

 

Desenvolva uma prática de diálogo interno, observe seus pensamentos e ações internas. Mantenha uma disciplina de horário e local.

 

Meditação guiada pela respiração consciente

 

A respiração é um elemento que está sempre presente em todas as atividades. Respirar é algo natural e essencial na vida. A respiração pode ser um veículo de concentração e pode trazer resultados em pouco tempo na sua vida.

 

Em um lugar tranquilo e limpo, procure escutar todos os sons que podem ser percebidos no momento. Observe e controle a sua respiração, deixe seus problemas e questões para depois, no momento do exercício nenhum pensamento ou compromisso é importante, foque no momento.

 

Quando se sentir completamente concentrado e presente no ato da respiração, sem qualquer interferência externa ou mental, mergulhe na experiência de simplesmente estar ali, sem julgamentos, comparações ou conceitos.

 

No momento em que sentir uma paz interior, saberá que alcançou a meditação. Pratique diariamente, por pelo menos 10 minutos e depois aumente a duração conforme se sentir confortável. Vale ressaltar que toda experiência é única então não tente repetir, pois é um momento de autodescoberta.

Compartilhar:

Leia Também